segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Relacionamentos Arranjados

Relacionamentos arranjados pela família datam dois séculos atrás. A mais interessante história daquela época foi do homem que tinha acabado de voltar de viagem e descobriu que já estava de casamento marcado com uma noiva que nem conhecia (coisas de família daquela época).

Situações semelhantes volta e meia acontecem hoje em dia, mesmo numa época como a nossa.Desde que voltei de viagem que estava ouvindo uma história estranha, que tinha uma garota que me via sempre no ônibus e nunca tinha coragem de falar comigo,para variar esta garota era sobrinha de uma amiga da minha mãe.

Eu pessoalmente achei a garota muito gordinha e meio fria, mas para não ofender ninguém guardei minha opinião pessoal e fiquei na minha, já que não estava nem um pouco interessado na garota.

Neste fim de semana, a amiga da minha mãe queria trazer de qualquer jeito esta sobrinha aqui para casa.Ainda bem que ela não veio, mas veio a amiga da minha mãe, que não parava de falar nesta sobrinha, que a gente tinha que se conhecer melhor, sair juntos,namorar e ainda fez pressão para eu adicionar ela no Orkut.Acho que se naquela hora eu tivesse sido sincero, tinha três na sala para me trucidar.Bem, eu não falei nada, mas tem horas que nem o silencio é o melhor remédio (a verdade era que o negócio estava tão absurdo que fiquei sem ação).

Brincadeiras a parte, mas tem horas que é difícil mesmo ser sincero, nos momentos aonde temos medo de magoar ou ofender alguém com nossa sinceridade e no fim acabamos é nos metendo em mais confusões.A vida acaba sempre nos ensinando que a sinceridade é sempre o melhor remédio, mas devemos ser burros demais para aprender esta lição.

Neste momento as mães parecem que gostam de ver a nossa cara de constrangimento,pois parecem que se divertem colocando mais lenha na fogueira, para nos ver cada vez mais enrolados nesta história.

Uma coisa é certa em toda história de nosso mundo, nunca nenhum relacionamento arranjado pela família deu certo.Mas tinha a curiosidade de conhecer aquele que deu o primeiro grito de independência para a família (depois de uma tranquila viagem de férias): "ESTA EU NÃO ME CASO MESMO ". Talvez o primeiro corajoso e sincero que enfrentou a família e salvou toda a nossa raça futura (vou aprender com ele um dia; ele é meu herói).

P.S.:Tem gente que tem uma fila de pretendentes e eu devo ter uma fila de sogras, que estão loucas para arranjar casamento para as filhas comigo.

3 comentários:

Sandro Ataliba disse...

Só um conselho: "corre que é furada." Melhor falar a verdade o quanto antes, embora não precise ser TODA a verdade.
Quanto maior o monstro, mais difícil vai ser derrotá-lo depois.
Abraço!

Ghiii disse...

i como eh difiicil ser sincero as vezes, embora esse seja o melhor caminhoo.. hehe
e qnto as maes, siim, elas tem enorme prazer em ver os filhos constrangidos, so pode.. aushu

J.W disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
não acredito
depois você diz que coisas bizarras só acontecem comigo
ai ai
minha mãe ta na fila, ela falou que vc é da hora kkk
e eu tenho a fila de pretendentes, senti uma indireta aí

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...